NikkeyBrasil - O site do japonês no Brasil
17/8/2017. Bem-vindo ao NikkeyBrasil. Hoje, com 8285 cadastrados - 29.578.652 visitas
Empresa ou produto:



HOME            

Rússia e Japão querem solucionar disputa pelas Ilhas Kuril


O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, manifestaram nesta segunda-feira (29) a determinação de iniciar conversações para resolver a disputa sobre um grupo de ilhas no Oceano Pacífico que impediu que os dois países assinassem um tratado de paz após a Segunda Guerra Mundial.

Os dois governantes afirmaram que é `anormal` que os dois países não tenham assinado um tratado de paz 67 anos depois do fim da Segunda Guerra Mundial. Eles ressaltaram que estão decididos a superar `as divergências que existem` na disputa sobre as Ilhas Kuril com conversações, afirma um comunicado conjunto divulgado no Kremlin.

A declaração explica que Abe e Putin concordaram em ordenar a seus ministros das Relações Exteriores que acelerem as conversações para `desenvolver alternativas mutuamente aceitáveis` para chegar a uma solução, sem revelar detalhes.

Depois, os chanceleres deverão apresentar suas propostas.

Durante uma entrevista coletiva conjunta com Putin, Abe disse aos jornalistas no Kremlin que o acordo para acelerar a busca de uma solução aceitável para a assinatura de um tratado de paz era `um grande resultado`.

"As conversações sobre um acordo de tratado de paz nos últimos anos foram paralisadas", afirmou Abe com a ajuda de um intérprete.

"Conseguimos concordar que retomaremos as conversações e vamos acelerar o processo. Considero que este é um grande resultado de nossa reunião", disse o primeiro-ministro nipônico.

"Acredito que estabelecemos uma relação pessoal, de confiança", acrescentou Abe, que sempre insistiu que desenvolver uma forte relação pessoal com Putin era a chave para resolver o problema.

Esta disputa se refere a quatro das Ilhas Kuril - chamadas de Territórios do Norte pelos japoneses -, controladas pela Rússia desde o fim da Segunda Guerra Mundial, mas que o Japão reivindica até hoje.

Todos os Direitos Reservados. Copyright ® ABRAON
pagina gerada em 0.1361 segundos.