NikkeyBrasil - O site do japonês no Brasil
17/8/2017. Bem-vindo ao NikkeyBrasil. Hoje, com 8285 cadastrados - 29.578.548 visitas
Empresa ou produto:



HOME            

Pyongyang não exclui Japão como alvo de ataque nuclear preventivo


A Coreia do Norte garantiu neste domingo que o Japão "não será uma exceção" caso resolva fazer um ataque nuclear preventivo àqueles que considera seus inimigos, depois que Tóquio anunciou possíveis sanções adicionais às da ONU pelo terceiro teste atômico de Pyongyang.

 

Em um despacho emitido hoje pela agência norte-coreana KCNA, o regime comunista acusou o Japão de querer "jogar mais lenha na fogueira" na "grave situação que prevalece na península coreana, onde um tiro acidental pode provocar uma guerra nuclear".

 

A agência, que divulgou um editorial do jornal do Partido, "Rodong Sinmun", advertiu que "seria um terrível erro do Japão acreditar que estará a salvo no caso de uma guerra na península coreana".

 

No princípio de março, a Coreia do Norte anunciou que seu exército está preparado para lançar mísseis nucleares capazes de atingir os Estados Unidos, em uma nova ameaça após as sanções aprovadas pela ONU em represália ao terceiro teste atômico que o país comunista realizou no dia 12 de fevereiro.

 

"Se os reacionários japoneses se descontrolarem em cumplicidade com os EUA, enfrentarão um golpe terrível, e o povo coreano poderá dar asas ao seu rancor reprimido durante anos", concluiu o editorial.

 

Além disso, a Coreia do Norte vem radicalizando em suas frequentes ameaças após o início, no último dia 10, dos exercícios militares anuais Foal Eagle e Key Resolve dos exércitos dos EUA e da Coreia do Sul na região.

 

O início destas manobras, consideradas por Pyongyang como um ensaio para a invasão de seu país, provocaram o corte da única linha de comunicação entre Norte e Sul, localizada na aldeia fronteiriça de Panmunjom, e a anulação por parte da Coreia do Norte do armistício alcançado após a Guerra da Coreia (1950-1953).

Todos os Direitos Reservados. Copyright ® ABRAON
pagina gerada em 0.1719 segundos.