NikkeyBrasil - O site do japonês no Brasil
17/8/2017. Bem-vindo ao NikkeyBrasil. Hoje, com 8285 cadastrados - 29.578.612 visitas
Empresa ou produto:



HOME            
Premiê do Japão pode renunciar ao cargo até agosto

O primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, deve deixar o cargo até agosto ou antes devido a apelos crescentes da oposição e de seu próprio partido para renunciar o mais rápido possível, informou a agência de notícias Kyodo neste sábado (4).

A agência afirmou que o ministro das Finanças, Yoshihiko Noda, e o secretário de gabinete Yoshito Sengoku, que tem defendido uma coligação com o principal partido de oposição Partido Liberal Democrático (LDP) para quebrar um impasse parlamentar, são os possíveis candidatos para ocupar o cargo.

Kan, quinto premiê do Japão em poucos anos, está lutando para conter a crise nuclear em Fukushima e encontrar meios para pagar a reconstrução da usina avariada após um enorme terremoto seguido de tsunami em 11 de março.

Kan sobreviveu a uma moção de desconfiança no Parlamento na quinta-feira, após uma oferta de última hora ter convencido alguns parlamentares governistas a mantê-lo no cargo.

Mas Kan sugeriu depois que poderia tentar permanecer no poder até pelo menos janeiro, enfurecendo muitos do Partido Democrata que votaram contra a proposta, acreditando que ele sairia muito antes. A oposição, que controla a Câmara Alta do Parlamento e pode bloquear votações, também se recusa a cooperar com o governo Kan na promulgação de leis importantes.

A TV pública NHK também informou, na quarta-feira, que Kan era pressionado a renunciar.

O acordo para renunciar depois surgiu como forma de ganhar tempo para que Kan prepare um orçamento extra para pagar para a reconstrução da usina que é o foco na crise nuclear no país.

Em uma votação por eleitor agência de notícias Kyodo nesta quinta-feira e sexta-feira, a taxa de Kan apoio subiu para 33 por cento, de 28 por cento em maio.

Mas as desavenças rapidamente voltaram após os comentários de Kan em uma entrevista coletiva, sugerindo que ficaria no cargo até que a danificada usina nuclear, desativada por meio de desligamento frio se estabilizasse, um processo que deve levar pelo menos até janeiro, e provavelmente mais.

Um dos próprios ministros do gabinete de Kan, disse na sexta-feira que o premier deve ser substituído até o final deste mês.

Todos os Direitos Reservados. Copyright ® ABRAON
pagina gerada em 0.1203 segundos.